17 de outubro de 2007

Porque é assim

"Há gente que fica na história da história da gente..."

Actos puros de pessoas inocentes. Um simples olhar, um verdadeiro sorriso, um abraço amigo.

Porque isto acontece mesmo. Porque não é pura imaginação da minha cabeça. Porque são gestos sinceros que partem do interior de cada ser.
E tudo isto me faz erguer a cabeça e seguir em frente.
Perder os medos e arriscar.
Dizer sim.

Porque há pessoas que valem esse esforço. Podem por vezes magoar-nos com os seus actos, mas não deixam de ter importância. Afinal, já fazem parte da nossa história, são as bolas de golfe da nossa vida.

A antiga história do frasco de maionese e das chávenas de café.
O frasco de maionese simboliza a nossa vida, e lá vão ser depositados alguns objectos até este ficar completamente cheio. Bolas de golfe, fósforos, areia, duas chávenas de café.
Bolas de golfe, para quem não entende, são as coisas mais importantes da vida. O amor, a amizade, a família. Os fósforos são outras coisas com relativa importância, como o trabalho. Tudo o resto é areia.
Se depositarmos primeiro a areia no frasco de maionese, é impossível existir espaço para as bolas de golfe ou para os fósforos. Areia é apenas areia.

Se sonharmos sozinhos, o sonho não se realiza.
Mas se sonharmos juntos, o sonho pode tornar-se realidade.
E quanto às chávenas de café...há sempre tempo para tomar um café com um amigo!

Porque Teixoso marcou...
Porque "Teixeda" emocionou...
Porque Nacional JSF deixou saudades...

Estão todos cá dentro! **

1 comentário:

bruno disse...

saiste-me cá uma filosofa :P,
demonstras aqui uma grande consciencia das coisas, e uma sensatez nata, que se nota claramente nos teus textos ^^, agora ja percebes o porque de sensata*

ser sensato é escolher com calma as opçoes que temos, dar um concelho a um amigo, e muitas outras coisas :P

bjinho e continua a escrever, ou como dizem por cá, a ''escreber''