22 de abril de 2008

Receios, medos e dúvidas

Receios, medos e dúvidas ocuparam durante largo tempo o meu pensamento. Medo de sofrer, de me magoar. Medo de me enganar. Medo de te enganar. Medo de sentir. Medo de não vir a sentir. Puro e real medo que teimava em não desaparecer dali.
Com o tempo passado a teu lado, todos os meus receios foram desaparecendo. Não me perguntes qual a fórmula que usaste, ou o que fizeste tu para tal acontecer. Mas o que é certo é que conseguiste.
Hoje o meu único e grande medo é perder-te. Mas é o medo que tento recalcar e apagar de dia para dia, afinal não tenho motivos para tê-lo e senti-lo. Estou com a pessoa que gosto e é tal o meu estado de felicidade que todos os meus receios, medos e dúvidas são esquecidos.

1 comentário:

babe disse...

medos que tiveste, medos que eu vivi...
Amo-te hje mais do que ontem e menos do que amanha :)